Arquivos de Autor: Rafael Gonzaga

O papel dos sentimentos na educação dos filhos

Rafael Freitas Gonzaga Parece estranho falar assim, mas na verdade os pais nos ensinaram, desde cedo, o que são os sentimentos e como devemos nos sentir. Por exemplo, quando um pai diz ao filho: “Eu o vi chutando a porta e gritando, então quero saber porque você está com raiva?”, ele atribui ao filho um […]

A matemática do amor

Rafael Gonzaga Outro dia um cliente que é engenheiro e estava inconsolado com os problemas de seu casamento me perguntou qual a fórmula para um casamento dar certo? A expectativa dele era alguma fórmula matemática. Respondi-lhe: Não sei. Se o casamento é seu, só você tem como descobrir uma fórmula que sirva especificamente para ele. […]

A matemática do amor – Parte II

Meu cliente, que queria se separar, leu o livro “Comunicação não violenta” no qual o doutor em psicologia Marshall Rosenberg sustenta que o comportamento do outro não cria um sentimento em mim. O que cria um sentimento em mim sou eu, com meu estado de espírito, minhas inseguranças, experiências e expectativas. A responsabilidade por meus […]

Compassivo sem ser complacente

Os melhores coaches que conheci eram compassivos (Tem compaixão, pois colocam-se no lugar do outro) sem serem complacentes (concordar com tudo que o outro diz, confortar o cliente). Deixam o cliente sentir tudo o que está sentindo. Se estiverem abalados não podemos ceder à tentação de confortá-los, pois precisamos ser compassivos sem sermos complacentes. O […]

Congruência da comunicação no coaching – Rafael Freitas Gonzaga

Congruência da comunicação no Coaching  Rafael Freitas Gonzaga – rafaelgonzaga1@gmail.com Para me tornar um coaching convincente preciso alinhar voz, corpo e emoção. Quando eu não alinho essas três coisas eu tenho uma dissonância na linguagem e a gente começa a perceber no coaching quando o cliente fala uma coisa e demonstra outra com o corpo […]